Tênis Masculino e Feminino em Juruti / Pará




Buscando por tênis em Juruti?

Você acabou de encontrar!



Nós da Adaption sabemos que Juruti é uma cidade de pessoas que valorizam o bem estar.

Foi pensando nisso que desenvolvemos toda a linha de produtos Adaption.

Estudos mostram que comodidade nos pés faz toda a diferença.

Você sabia que um calçado confortável pode diminuir o estresse corporal e melhorar o seu humor?

Legal neh? Através de nossos produtos Adaption, você terá um experiência indescritível!

Quem já conhece nossos produtos sabe de toda a qualidade e durabilidade de cada um deles, e quem não conhece, precisa conhecer, afinal, só a Adaption oferece uma variedade incrível de tênis masculino, feminino, blusas, chinelos, entre outros, que agradam a todos os gostos e não decepcionam nos quesitos resistência e durabilidade.

Temos modelos incríveis e para todos os gostos!

Nós garantimos uma entrega segura e rápida em Juruti!

Oferecemos um processo bem simples e rápido de troca/devolução, caso precise.

Boas compras!

https://www.adaption.com.br


Conheça um pouco mais sobre  Juruti Pará:

Gentílico: jurutiense

Histórico

Juruti
Pará - PA

Histórico
O atual município de Juruti localiza-se na zona fisiográfica do Baixo Amazonas. Segundo o historiador Domingos Álvares Ferreira Pena, fora primitivamente, uma aldeia dos índios Mundurucus fundada em 1818 e sujeita à direção de um missionário com poderes paroquias.
Quando foi realizada a divisão da Província em termos e comarcas, por volta de 1832 e 1833, a localidade adquiriu categoria de Freguesia, ficando integrada ao termo de Faro. Nessa época, estabeleceu-se também, o limite ocidental da então criada Freguesia de Nossa Senhora da Saúde de Juruti, na serra de Parintins, com os estados do Pará e Amazonas.
Em 1879, Juruti passou a ser ponto de escala da navegação a vapor, subvencionada pela Província do Pará. Na ocasião já contava com escolas primárias para os sexos masculino e feminino. Três anos depois, ficou determinada a continuação da Igreja Matriz, que em virtude de disposição legal datada de 1885, teve de ser construída de pedra de cantaria, pedra rija, lavrada.
A influência de moradores e o desenvolvimento das indústrias agrícola e pastoril fizeram com que, em 1883, a freguesia fosse elevada a município, instalado em 1885. Entretanto, em 1900, veio a ser extinto, ficando o seu território anexado aos municípios de Faro e Óbidos. Treze anos depois, readquiriu sua categoria, vindo a reinstalar-se em 1914, ficou, também, sob à administração direta do Estado do Pará, em 1930, quando sofreu nova suspensão.
A emancipação político-administrativa do município de Juruti ocorreu, definitivamente, em 1938.
O topônimo de origem tupi, significa: o colo firme, o pescoço teso, em alusão ao aspecto da pomba deste nome no ato de cantar.

Gentílico: jurutiense

Formação Administrativa
Freguesia criada com a denominação de Juruti.
Elevado à categoria de município com a denominação de Juruti, pela lei provincial do Pará, em 09-04-1883. Instalado em 09-03-1885.
Pela lei nº 729, de 03-04-1900, é extinto o município de Juruti, sendo seu territórioanexado ao município de Faro e Óbidos.
Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, Juruti figura como distrito deFaro e Óbidos.
Elevado novamente à categoria de município com a denominação de Juruti, pela lei estadual nº 1295, de 08-03-1913.
No quadro de apuração do Recenseamento Geral de I-IX-1920, o município é constituído do distrito sede.
Pelo decreto estadual nº 6, de 04-11-1930, é extinto novamente o município de Juruti, ficando seu território sob administração direta de estado. Estas disposições foram confirmadas pelo decreto estadual nº 78, de 27-12-1930.
Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, Juruti figura sob a denominação direta do estado do Pará.
Elevado novamente à categoria de município com a denominação de Juruti, pela lei estadual nº 8, de 31-10-1935, desmembrado do estado do Pará.
Em divisão territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937, o município aparece constituído de 2 distritos: Juruti e Lago Grande de Vila Francesa.
Pelos decretos-lei estaduais nº 2972, de 31-03-1938 e de nº 3131, de 31-10-1938, é extinto o distrito de Lago Grande de Vila Franca, sendo seu território anexado ao distrito de Juruti.
No quadro fixado para vigorar no período de 1944-1948, o município é constituído do distrito sede.
Em divisão territorial datada de I-VII-1960, o município é constituído do distrito sede.
Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2005.